Embaixadores dos oceanos MAR>programacoris.blogs.sapo.pt

.Visitantes

.posts recentes

. Vida de eremita...

. Pinta Estrelas

. Prémio Dona Antónia- Idei...

. Stella Maris- Concerto An...

. Sérgio Azevedo, notícia P...

. Prémio SPA "Melhor Trabal...

. T-Shirts a favor da Assoc...

. Fotografia vida selvagem:...

. Espírito da floresta

. Fotografia de vida selvag...

.arquivos

. Maio 2012

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

Sexta-feira, 30 de Outubro de 2009

Desertinha…a Embaixatriz dos lobos-marinhos

 

 Foto. Fonte: http://vigilantesnatureza.paginas.sapo.pt

 
Para sensibilizar o seu público para a importância da biodiversidade da natureza, o Coro-Estrelas-do-Mar escolheu duas espécies - ambas classificadas como "criticamente em perigo" no seu estado selvagem - que acompanhará em permanência: o lince-ibérico (Lynx pardinus) e o lobo marinho, ou foca-monge-do-Mediterrâneo (Monachus monachus).
 
Outras espécies serão destacadas, mas duma forma temporária, o que será feito com o apoio da Escola Superior de Turismo e Tecnologias do Mar de Peniche (IPL) cujos conhecimentos serão fundamentais, na orientação deste trabalho.
 
O coro terá o apoio da equipa do Parque Natural da Madeira, particularmente dos técnicos de educação ambiental, para que a informação dada aos coralistas e ao público seja rigorosa e científica.
 
Na sua futura página internet o coro terá uma área dedicada à foca-monge, que contará com o apoio dos biólogos da área de conservação de natureza, que estão em contacto directo com a espécie.
 
O coro fará um concerto anual, com projecção de imagens, dedicado à espécie e –sempre que possível - fará um concerto na ilha da Madeira. O concerto é por um lado, uma grande homenagem à Desertinha que faleceu em Dezembro de 2008 e, por outro, ao mar. Essa é a razão da data escolhida ser finais de Novembro, altura em que a cidade de Peniche celebra o mar, num espaço perto do fosso das muralhas.
 
A imagem da Desertinha – bem como de um lince - fará parte da imagem visual do coro e será incluída na farda.
 
A Desertinha foi a primeira foca a ser identificada pelos serviços do parque. Foi uma grande matriarca, era a mais velha da comunidade e muito querida da população.
Com a autorização do PNM, a Desertinha será adoptada por nós para representar a sua espécie, será assim uma mascote.
 
Em Dezembro, quando se completar um ano que faleceu, falaremos um pouco mais sobre esta foca tão querida dos Madeirenses e que o Coro Estrelas-do-Mar adopta com o maior prazer!
 

Até breve!

publicado por APCUNHA às 21:08
link do post | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds