Embaixadores dos oceanos MAR>programacoris.blogs.sapo.pt

.Visitantes

.posts recentes

. Vida de eremita...

. Pinta Estrelas

. Prémio Dona Antónia- Idei...

. Stella Maris- Concerto An...

. Sérgio Azevedo, notícia P...

. Prémio SPA "Melhor Trabal...

. T-Shirts a favor da Assoc...

. Fotografia vida selvagem:...

. Espírito da floresta

. Fotografia de vida selvag...

.arquivos

. Maio 2012

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

Quinta-feira, 15 de Outubro de 2009

Aos Amigos do coro:

 Sali e as suas crias

 
Sim ao lince-ibérico!
 
Integrada no objectivo do coro de alertar para a importância da preservação da biodiversidade da natureza, o Coro “Estrelas-do-Mar” irá apoiar em permanência o lince-ibérico (Lynx pardinus).
 
Estas iniciativas de educação ambiental irão ser elaboradas e realizadas em estreita colaboração com o ICN e a equipa do Plano de Acção, cujo objectivo é conservar a espécie.
 
O coro irá ter no seu “web-site” uma página com informação sobre esta espécie. Anualmente realizará um concerto (Primavera) dedicado em exclusivo ao lince onde serão também projectadas imagens sobre a espécie.
 
Para apoiar o Plano de Acção realizará ainda outro concerto em data e local a ser escolhido pelo ICN.
 
O coro acompanhará os linces do Centro Nacional de Reprodução do Lince-Ibérico, na Herdade da Santinha, em Silves, que visitará anualmente (se possível). Poderá efectuar outras visitas a áreas tradicionais do lince (como a Serra da Malcata).
 
O Lince-ibérico – Lynx Pardinus – é o felídeo mais ameaçado no mundo e o carnívoro mais ameaçado da Europa. Está classificado nos Livros Vermelho de Portugal e da União Internacional para a conservação da Natureza, no grau “Criticamente em Perigo”, ou seja imediatamente antes da extinção.
 
Caso desapareça será o primeiro felídeo a extingir-se em 10,000 anos, altura em que desapareceu o tigre-dentes-de-sabre (Smilodon, que viveu no Plistocénico há aproximadamente 12 mil anos atrás).
 
O último lince foi avistado na Serra da Malcata, em 1992. Em 2002 a bióloga Margarida Santos Reis (da Faculdade de Ciências de Lisboa), registou uma presença indirecta (confirmada pela análise de ADN nas fezes), na margem portuguesa do Rio Guadiana.
 
A Direcção do Coro “Estrelas-do-Mar” e o ICN estão particularmente contentes com esta colaboração que, acreditamos, será muito interessante e contribuirá para sensibilizar os portugueses para a necessidade de salvar esta espécie da extinção.
 
 
Pode visitar a página do ICN dedicada ao Lince-ibérico em:
 
//linceiberico.icnb.pt/homepage.aspx?menuid=44&exmenuid=26
publicado por APCUNHA às 23:30
link do post | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds